6 Doenças femininas mais comuns

Ninguém está livre de doenças, em muitos casos ela já está instalada no corpo da mulher e nem se quer sabe-se detectar qual tipo de doença é e como deve-se proceder caso seja descoberta.

Com o passar dos anos, a mulher tornou-se cada vez mais moderna, tendo que se dividir entre as tarefas domésticas, trabalhar fora, cuidar dos filhos, além de  inúmeros outros afazeres que deixam a vida muito mais estressante, com tudo isso o corpo acabou ficando mais vulnerável à doenças, sejam infecções rápidas ou doenças que se manifestam a longo prazo.

Pensando nisso elaboramos as principais doenças femininas, as que são de difícil diagnóstico e que causam mais males à saúde de qualquer mulher.

6 Doenças femininas mais comuns

6 Doenças femininas mais comuns

6 Doenças femininas mais comuns

Câncer do Colo do Útero: Essa doença é facilmente prevenida com a realização anual do Papanicolau, que ajuda a detectar precocemente doenças femininas.

O câncer do colo do útero é causado pelo vírus Papilona (HPV), é uma doença silenciosa e pode se manifestar com sangramentos vaginais que podem ocorrer após a relação sexual e fora do período menstrual.

Corrimentos Vaginais: O corrimento vaginal é comum em mulheres, porém, quando apresenta mau cheiro ou coloração deve ser tratado diretamente com um médico ginecologista pois pode ser o sinal de uma infecção.

Existem os corrimentos:

– Corrimento marrom líquido ou com sangue

– Corrimento com sangue após relação sexual

– Corrimento marrom líquido com sangue

– Branco com coceira

– Branco, acinzentado ou amarelado com mau cheiro

– Branco, Acinzentado ou amarelo espumoso

O corrimento vaginal é facilmente identificado pela portadora, bastando verificar o fundo da calcinha, caso exista alguma das características acima um médico ginecologista deverá ser consultado.

Endometriose: Atinge mulheres em idade fértil, acarretam fortes cólicas menstruais, levando inclusive a infertilidade, leia mais neste artigo que preparamos exclusivamente sobre Endometriose (clique Aqui).

Fibrose Uterina ou Mioma: São tumores benignos no útero, é diagnosticada com mais frequência em mulheres na idade fértil e dificilmente manifesta-se câncer. Alguns dos sintomas são:

– Dor durante o ato sexual.

– Necessidade de ir ao banheiro com mais frequência.

– Menstruação dolorida e com sangramento em excesso.

– Sangramento entre as menstruações.

– Dor na região lombar.

– Infertilidade, perda do neném ou parto prematuro.

Síndrome dos ovários policísticos: Conhecida também como SOP, a síndrome causa desordem reprodutiva, levando a irregularidade menstrual que ocorre com espaçamentos mais longos entre uma menstruação e outra, podendo inclusive causar a infertilidade.

Um dos principais sintomas da SOP é a ausência de menstruação, acne ou obesidade, calvície androgênica, hipertensão arterial e resistência a insulina.

Pode ser diagnosticado por exame de imagem, oligomenorréia, amenorréia ou anovulação e a hiperandrogenia.

Câncer de mama: O câncer de mama é uma das mais temidas doenças femininas, assim como o câncer do colo do útero, desenvolve-se pela falta de prevenção, pode ser diagnosticada mediante o auto exame ou ainda através da mamografia.

Sua detecção é fácil, o câncer de mama causa mudança no tamanho e formato do seio, mudança da cor, elevação da pele ou enrugamento da área dos seios ou ainda o surgimento de nódulos nas axilas.