10 fatores de risco para ter AVC/AVE

Ouvir falar em AVC (Acidente Vascular Cerebral) ou AVE (Acidente Vascular Encefálico) é algo que realmente ninguém tem vontade, isso porque o número de mortes e incapacitados em decorrência da doença é realmente assustador, é por isso mesmo que devemos evitar ao máximo que essa doença chegue até nós.

É certo que existem diversos sintomas do AVC que avisam quando a doença está chegando, porém, esse não é o único método a ser tomado com respeito ao cuidado contra ela, existem diversos fatores de risco que maximizam as chances de que o AVE venha a ocorrer e é justamente nesse ponto que todos devem prestar atenção, afinal, a prevenção é o início de uma vida saudável.

Sabemos que alguns dos fatores de risco não podem ser controlador, porém, muitos outros podem ser evitados, dentre eles está a hipertensão, diabetes, tabaco, álcool e o sedentarismo.

10 fatores de risco para ter AVC/AVE

10 fatores de risco para ter AVC/AVE

10 fatores de risco para ter AVC/AVE

1 – Álcool: Pode causar a hipertensão e elevar os níveis de colesterol.

2 – Cigarro: O tabaco está na lista dos 11 fatores de risco para ter AVC/AVE, o ideal é que você elimine completamente ele de sua vida.

3 – Colesterol: O cuidado com a ingestão de alimentos gordurosos é fundamental, esse tipo de alimento deve ser moderado com extremo cuidado.

4 – Diabetes.

5 – Doenças Cardíacas: doença de chagas, infarto do miocárdio, arritmias, alterações nas válvulas cardíacas, entre outras.

6 – Estresse.

7 – Hipertensão: O controle com a pressão alta deve ser de extrema prioridade, evite comer alimentos com muito sal.

8 – Obesidade: Aumenta o risco de desenvolver diabetes, hipertensão e aterosclerose.

9 – Sedentarismo: Faça exercícios regularmente, ao menos entre 30 a 40 minutos diariamente, o ideal é que comece com os leves partindo para a alternância entre exercícios aeróbicos e exercícios de força.

10 – Idade: o AVC/AVE é mais comum em pessoas idosas, por isso o cuidado deve ser redobrado nessa fase da vida.